sábado, 10 de outubro de 2009

LA VALLETA - UM OLHAR SOB A CIDADE

Um passeio por La Valleta, revela-nos uma cidade com diversos traços britânicos, fruto da ocupação inglesa que durou até 1964.

À saída do cais onde estamos atracados, encontramos uma zona de bares e restaurantes, estrategicamente localizada, até pelo facto de em frente atracarem diariamente os cruzeiros turísticos que proliferam pelo Mediterrâneo.

Prosseguindo o caminho para o centro da cidade, começamos a encontrar diversos pontos de interesse, que convidam a uma fotografia e um olhar mais atento.

Uns metros antes das portas da cidade, fica a central rodoviária, onde podemos "apanhar" autocarro para qualquer parte da ilha. Os autocarros são um dos ex-libris da ilha.

À chegada das portas da cidade deparamos com uma rua que nos leva até ao outro lado da ilha e onde proliferam os espaços comerciais, desde lojas de "souvenirs" até ao incontornável "Macdonald´s".

Pelo caminho inúmeros monumentos, e estátuas vão contando a história desta Ilha.

Numa das paredes junto á St. John's Co-Cathedral podemos encontrar uma placa alusiva á visita do Papa João Paulo II á Ilha de Malta.

Nas traseiras da mesma Catedral, mais uma estátua alusiva á visita de outro Papa a esta ilha, neste caso o Papa Pio V.

Prosseguindo o passeio, o "desfile" de estátuas, estatuetas e monumentos vai continuando e embelezando uma rua já de si muito bonita.

Em amena "cavaqueira" com as esplanadas encontramos a Biblioteca com uma estátua á entrada, ostentando um faixa e um vestido, que apesar das inúmeras tentativas, acabamos por não saber o significado.

Mudando de rumo e descendo em direcção ao mar, ruas estreitas e carregadas de símbolos religiosos dão-nos as boas vindas e transportam-nos para uns séculos atrás, e para os tempos da Ordem de Malta.

Dizem que na Ilha existem mais 300 Catedrais e Igrejas, e neste passeio pela cidade deparamos com duas ou três de uma beleza e imponência fora do comum.

De regresso a bordo, mais monumentos alusivos á história de Malta continuam a aparecer aos nossos olhos.

Como é o caso deste, onde uma águia dourada lança um olhar sobre a cidade, como se preparando para um voo.

Por fim e antes de darmos por finda a volta, mais uma Catedral desponta no horizonte, convidando-nos para uma visita mais minuciosa.

Fotos: Francisco Gavancho (SCRS)

4 comentários:

Lt Marta Gabriel disse...

Olá amigos,
como sempre vou-me encantando com a partilha dos lugares por onde vão passando.
Não conheço Malta, mas a senhora de vestido e faixa não será a HM Queen Victoria?

Continuem a partilhar as vossas aventuras.

Smooth sailing and fair winds!
Abraços
Marta

José Castro disse...

Conheci meio mundo nas ondas navegando,nunca estive em Malta por isso aqui fica o meu agradecimento pelo circuito oferecido...
Parabéns pelo belo Blog.
José Castro

Alexandre Correia disse...

Caros Sailors,

Obrigado por esta visita guiada a La Valleta. Há alguns anos não aproveitei várias oportunidades que surgiram para ir a Malta (que chegou a ter voos directos da companhia local para Lisboa) e nunca calhou fazer escala aí em nenhuma das viagens que já fiz pelo Mediterrâneo. A vossa visita só redespertou a minha curiosidade.

Abraço,

Alexandre Correia

Anónimo disse...

Bem...
se esse porto de Malta falasse!!! é divinal sem dúvida! Bons tempos aí se passaram, e claro o chief Gavancho tb lá estava!! (nao podia faltar)

Abraços e continuação de uma boa missão

Rocha